domingo, 12 de janeiro de 2014

[leia] Apodi e suas dificuldades na limpeza

É difícil ver nossa cidade limpa, e pelo visto vamos continuar com esse problema crônico por muito tempo.


As construções e reformas de casas acontecem numa velocidade incrível, e enquanto os gestores não tiverem a coragem de lidar com o assunto de forma enérgica e definitiva, os entulhos vão fazer parte do nosso dia-a-dia.

Não bastassem os entulhos, também vemos nossas calçadas serem ocupadas com material de construção.

Se alguém resolve que no final do ano vai fazer uma reforma, em janeiro já começa a comprar tijolos, areia, cascalhos e vai estocando nas calçadas. Só quando tiver dinheiro suficiente e depois de comprado todo o material é que se da início a reforma/construção.

E além do material passamos a conviver com os entulhos.

Exemplos disso nós podemos presenciar nesse momento nas ruas Padre Benedito Alves, onde um lado da rua foi inteiramente tomado por material de construção e entulhos. O cidadão só tem o direito de usar a outra metade da rua.

Outra rua onde o problema pode ser visto é na Antonio Lopes Filho, próximo ao cruzamento com a Margarida de Freitas. Sábado passado um carro estacionou de um lado, enquanto que os entulhos/material estavam do outro e a rua ficou interditada.

Numa cidade onde os habitantes estão acostumados a não usarem as calçadas, e ainda por cima a encontrar entulhos/material tomando as ruas, está ficando cada vez mais complicado o trânsito por elas.

E a cidade vive seu eterno dilema de ser uma cidade suja, sem perspectiva de melhoras.

7 Comentários:

Anônimo disse...

Pra tudo tem uma saída, contrate uma empresa para limpeza ou seja firma terceirizada, é só o prefeito ter ação.

Sergimar Arcanjo disse...

A Ação nesse caso seria instituir uma Lei municipal que obrigasse o dono da obra a recolher o seu entulho. Caso seja descumprida, primeiro uma notificação e depois a multa seria o mais correto.

Anônimo disse...

estabeleça uma taxa para desperdício ou multa.
concordo q está complicado. não sei de quem é a obra, mas na rua Pe. benedito alves a situação realmente é imoral.

Anônimo disse...

E uma para o lixo hospitalar, do centro de saúde.

Anônimo disse...

o maior problema de apodi no quesito limpeza, é a propria população, que é mal educada joga o lixo na rua de proposito para fala mal do prefeito seja ele de qual partido for. povo sem cultura mal educado sem informação do que é certo, resumindo ignorante.

Anônimo disse...

Em grandes Capitais pessoas que deixam seus entulhos na rua são devidamente multadas! Não é questão de contratar alguém para limpar, a questão é que cada um deve ser responsável por seus atos. Sujou? Limpe!

Professor Marquinhos disse...

Imoral mesmo é ver que pessoas jogam LIXO nas ruas para então culpar a gestão do prefeito Flaviano.

PUBLICIDADE

Arquivo do blog

  ©Template by Dicas Blogger

TOPO