sábado, 30 de novembro de 2013

[leia] Quantos Jovens Talentos apodienses estão ao seu lado e você não percebe?

Depois de dias com aparições negativas, Apodi foi hoje destaque positivo em rede nacional, e isso fez (re)nascer um sentimento de patriotismo no nosso povo.

Mas o talento desses jovens meninos não nasceu hoje.

Nem eles são os únicos.

Há centenas deles espalhados por nossa cidade.

Muitos 'se perdendo' por falta de incentivo, outros por falta de reconhecimento, e a maioria por falta de oportunidades.

Um 'destaque nacional' pode está na sua casa.
Pode ser o seu vizinho.
Pode até mesmo ser você, que ainda não descobriu sua estrela.

Não precisamos esperar que eles apareçam na Globo para darmos o devido valor, até porque muitos deles precisam do seu reconhecimento para só depois ser destaque nacional.

Leia Mais >>

[leia] Caldeirão do Huck viu de longe, o que muitos apodienses não enxergaram de perto

Agora é fácil pra você criticar os professores que não deram o real valor aos Jovens Inventores apodienses que se apresentaram no Caldeirão do Huck neste sábado, afinal, eles apareceram na maior emissora de TV do Brasil.

Difícil era você acreditar nos pequenos jovens quando o projeto estava apenas nascendo.

O projeto nasceu em 2012 (salvo o engano), e desde então vem fazendo o maior sucesso, com o ápice agora no final de 2013 com a aparição em rede nacional.

Mas a minha dúvida é: vocês parabenizam nossos jovens inventores por terem aparecido no Caldeirão, ou por terem tido essa brilhante ideia de conservar frutas com cera extraída de colmeias de abelhas?

Se for pela invenção, saibam que estão muito atrasados, pois Jociel, Huguemberg e Geracino vem ralando há meses.

Não foram apenas os professores que negaram ajuda aos 3, mas quase toda a sociedade apodiense que teima em não dar valor aos talentos da terra, e deixam para aplaudir apenas quando o mundo lá fora dá o devido reconhecimento.

Que o diga o cantor apodiense Alexandre Avião, que fez muitas aparições no 'Trio Melhoral' em vários carnavais apodienses, mas que só veio lotar nossas festas quando o Brasil inteiro reconheceu seu valor antes da gente.

Leia Mais >>

sexta-feira, 29 de novembro de 2013

[leia] Regularização do Banco do Brasil de Apodi.


O Prefeito de Apodi Flaviano Monteiro acompanhado do vice José Maria Silva e do Vereador Genivan Varela. Esteve reunido com o Superintendente do Banco do Brasil do RN, Sérgio Luiz. Na pauta a regularização do atendimento do Banco em Apodi. A esperança de regularização é muito grande para os próximos dias.O mesmo visitará a cidade esta semana para buscar uma solução.


Esteve também visitando o Superintendente da Caixa Econômica do RN, Roberto Sérgio. Na pauta a ampliação dos serviços do Banco em Apodi para amenizar a falta de atendimento do Banco do Brasil. Segundo Sérgio, a Caixa vai ampliar os caixas eletrônicos na cidade, e se colocou a disposição do INSS para migração dos pensionistas do Banco do Brasil para Caixa, ate que seja regularizado a situação.

Leia Mais >>

quinta-feira, 28 de novembro de 2013

[leia] Rio Grande do Norte recebe R$ 13,2 mi para ações de Defesa Civil



O Ministério da Integração Nacional autorizou, em publicação no Diário Oficial da União desta quinta-feira (28), o repasse de mais de R$ 13 milhões para ações de Defesa Civil ao estado do Rio Grande do Norte. O prazo para a execução das ações é de 365 a partir desta sexta (28).

Leia Mais >>

[leia]Prefeito de Apodi e comitiva retornam de Brasília com aprovação de projetos importantes para o município

O prefeito de Apodi, Flaviano Monteiro, retorna hoje de Brasília, onde estava desde terça-feira em busca da aprovação de projetos e recursos para obras importantes a serem executadas no município, acompanhado do vice-prefeito, José Maria; do deputado estadual, Getúlio Rego e da vereadora Soneth Ferreira.

A comitiva do prefeito foi recebida pelo deputado federal Fábio Faria, que disponibilizou seu gabinete e acompanhou os apodienses em todas as audiências com políticos e autoridades em Brasília.“Agradecemos o empenho do deputado, que nos acompanhou em audiências em ministérios para defender a aprovação de projetos encaminhados pela Prefeitura”, destacou Flaviano.

Na bagagem da comitiva, algumas conquistas importantes para o município de Apodi, como o número do protocolo do Certificado de Entidade Beneficente de Assistência Social na Área de Saúde (Cebas) para a maternidade Claudina Pinto. “O certificado possibilita à entidade a isenção das contribuições sociais e celebração de convênios com o poder público”, informa a diretora Saúde Paiva, que estava na comitiva do prefeito.

O Deputado Fábio Faria demonstra cada vez mais compromisso com Apodi, ao destinar emenda de 29 milhões para a UERN, parte já empenhada e nesses recursos está incluso o da construção do Campus da UERN em Apodi. Destinou ainda verba de 408 mil reais para a construção da UBS do bairro Lagoa Seca, que será construída na antiga Lavanderia do bairro e vai atender também os moradores da Baixa do CAIC, Bacurau II e Garilândia.

O Deputado Getúlio Rego que fez parte da comitiva do prefeito, entregou o  projeto da estrada da região da Areia, reivindicação dos moradores desta região, defendida pela vereadora Soneth Ferreira. Com o projeto em mãos, a comitiva solicitou à governadora Rosalba Ciarlini a alocação de recursos para a estrada, nas emendas do Orçamento Geral da União 2014.

Outro assunto importante tratado na viagem a Brasília foi com relação à situação de abandono em que se encontram os clientes do Banco do Brasil de Apodi. Em reunião, com o vice-presidente do Banco, o prefeito cobrou uma posição urgente sobre o funcionamento provisório de caixas eletrônicos para atendimento à população que está tendo grande prejuízo com a falta da agência.

A comitiva participou ainda de reuniões importantes como nos Ministérios das Cidades e dos Esportes, onde foram solicitados: campo de futebol, quadras de esportes, programas esportivos, pavimentação e habitação. Na bagagem, muitas conquistas que irão alavancar o desenvolvimento de Apodi.

Leia Mais >>

[leia]Jovens apodienses participam do Curso de Capacitação de Monitoria para Inclusão Social e Tecnológica

A Prefeitura de Apodi não para de apoiar ações que trarão desenvolvimento para o município. Através da Secretaria de Agricultura, Irrigação, Meio Ambiente e Recursos Hídricos, a Gestão Apodi Terra Querida enviou quatro jovens para a Semana de Treinamento de Monitores de Inclusão Social e Tecnológica no Centro de Treinamento da EMATER (CENTERN), localizado no município de São José do Mipibú-RN.

Leia Mais >>

quarta-feira, 27 de novembro de 2013

[veja] Em Apodi Terra Querida É Assim.


Leia Mais >>

[leia] Gustavo Carvalho cobra instalação de Companhia Independente da PM para Apodi

Preocupado com a segurança da população de Apodi e cidades circunvizinhas como Felipe Guerra, Itaú, Rodolfo Fernandes e Severiano Melo. O vice-presidente da Assembléia Legislativa, deputado Gustavo Carvalho (PROS), esta cobrando do Governo do Estado via Secretaria Estadual da Segurança e Defesa Social, a instalação de uma Companhia Independente da Polícia Militar em Apodi. De acordo com o deputado Gustavo Carvalho, atualmente em Apodi, existe uma companhia da PM, mas o necessário é a instalação de uma Companhia Independente que conta com uma estrutura bem maior de policiais, armamento e viaturas, capaz de atender as necessidades de toda região da Comarca de Apodi, formada por cinco municípios.
Todos as agências dos Correios dos municípios da região de Apodi já foram assaltadas, o efetivo da Polícia Militar que atende aos municípios Felipe Guerra, Itaú, Severiano Melo e Rodolfo Fernandes não dispõe de policiais suficientes para atender a demanda. Mesmo assim o comandante da 2ª CPMA, capitão, Inácio Brilhante, juntamente com os comandantes dos destacamentos das cidades em tela, tem buscado fazer o melhor para atender a população, mas tem embarrado na falta de condições de trabalho. “O sistema de segurança de Apodi que engloba os municípios de Felipe Guerra, Itaú, Severiano Melo e Rodolfo Fernandes esta necessitando de mais policiais para garantir a segurança da população que tem perdido a tranqüilidade”, cobra o parlamentar.

Leia Mais >>

[leia] Frente Parlamentar da Câmara discute sobre defesa civil em Natal

A Frente Parlamentar do Trabalho da Câmara Municipal de Natal realizou na manhã desta terça-feira 26 uma reunião para discutir o fortalecimento do Sistema Municipal de Proteção e Defesa Civil em Natal. O vereador George Câmara (PC do B) mediou o debate.
A iniciativa contou com a participação de representantes da Secretaria Municipal de Segurança Pública e Defesa Social (Semdes), da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), do Conselho Regional de Engenharia e Agronomia (CREA-RN), da Federação dos Conselhos Comunitários e Entidades Beneficentes (Fecebe-RN) e do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência – SAMU Natal.
Durante a discussão, foram abordadas questões referentes à gestão de riscos e resposta a desastres como o monitoramento dos eventos meteorológicos, hidrológicos, geológicos, biológicos e químicos, além do combate à ocupação de áreas ambientalmente vulneráveis e de risco e estímulo a iniciativas que resultem na destinação de moradia em local seguro.

Leia Mais >>

[leia]Rádios comunitárias têm até o dia 30 para regularizar outorgas

Cerca de 600 rádios comunitárias terão de regularizar a situação das outorgas até o próximo dia 30. De acordo com o Ministério das Comunicações, as recentes mudanças na legislação sobre radiodifusão comunitária tornarão mais simples o processo de renovação, que será parecido ao das emissoras privadas. A apresentação de projeto técnico será dispensada.
As emissoras que estiverem com a outorga vencida e deixarem de solicitar a renovação dentro da data limite terão a autorização extinta, informou por meio de nota o diretor de Acompanhamento e Avaliação de Serviços de Comunicação Eletrônica do Ministério das Comunicações, Octavio Pieranti.

Leia Mais >>

[leia] Prefeito de Apodi é recebido pelo deputado Fábio Faria‏

O deputado federal Fábio Faria (PSD) recebeu no gabinete da Segunda Vice-Presidência da Câmara o prefeito de Apodi, Flaviano Monteiro (PC do B), o vice-prefeito José Maria (PSD) e a vereadora Soneth Ferreira (PDT), onde trataram da liberação de recursos para o município. Na audiência, também foi discutida a construção do novo campus da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN) na cidade, com a presença do reitor Pedro Fernandes.

“Estamos muito otimistas com o campus da UERN, percebemos o grande empenho do deputado Fábio Faria e do reitor Pedro Fernandes nesse projeto. Temos certeza que vamos concretizar o sonho do povo de Apodi e de toda a região da Chapada”, disse o prefeito Flaviano Monteiro.

O segundo vice-presidente acompanhará o prefeito e o vice José Maria em audiências em ministérios para defender a aprovação de projetos encaminhados pela Prefeitura. “Nosso mandato está sempre disponível para a defesa dos pleitos do município”, afirma Fábio Faria, que já discute as emendas prioritárias da cidade para o Orçamento Geral da União de 2014.

Leia Mais >>

segunda-feira, 25 de novembro de 2013

[leia] Dilma destaca a construção de creches no País



A presidenta da República, Dilma Rousseff, reafirmou nesta segunda-feira (25) o compromisso do governo em contratar a construção de 6 mil novas creches até o fim de 2014. Segundo a presidenta, das 4,7 mil creches contratadas no seu governo, 2 mil estão em obras ou já foram entregues.

Em seu programa de rádio semanal, Café com a Presidenta, Dilma explicou como a utilização de materiais pré-moldados permite a entrega da obra em até sete meses. Segundo ela, além de acelerar as obras, o método de construção também diminui em até 24% o custo da construção.


Para a presidenta, a creche é um instrumento importantíssimo para combater as desigualdades, dando a todas as crianças as mesmas oportunidades de se desenvolverem. "Oferecer creche de boa qualidade para a nossa população, principalmente para a população mais pobre, é o primeiro passo para garantir uma saída permanente e sustentável da pobreza e dar um futuro ao País", afirmou.

Fonte:

Leia Mais >>

[leia]Fátima Bezerra: “Enganam aqueles que pensam que o PT, ao final de todo esse processo vamos rachar”

A deputada federal Fátima Bezerra foi a entrevistada do Jornal 96FM desta segunda-feira (25). De inicio a deputada comentou as eleições do Diretório Estadual onde o grupo ingressou na justiça contra algumas decisões tomadas pelo Diretório Estadual, que tem o vereador Eraldo Paiva como presidente da sigla.
“Considerando os resultados tanto de um lado, como outro, quem teve mais votos foi Eraldo”, disse. Indagada sobre as declarações do deputado Fernando Mineiro (PT), que chegou a dizer que houve “brejeiras”, na eleição interna do partido. “Não existe isso. Temos absoluta clareza que não praticamos esse tipo de conduta”, comentou Fátima.
“Enganam aqueles que pensam que o PT, ao final de todo esse processo vamos rachar. Nós temos 33 anos de militância no partido, maturidade e sabemos o que estar em jogo, que é a reeleição da presidente Dilma. Nesses 10 anos, o PT se resume no Estado a uma vaga na Assembleia Legislativa e outra na Câmara dos Deputados. Queremos mais”, afirmou Fátima, que pretende disputar o Senado, no próximo ano.
Eu vi blog do Robson Pires. 

Leia Mais >>

domingo, 24 de novembro de 2013

[leia]“SOS Municípios” promove reunião com prefeitos nesta segunda (25)

O movimento “SOS MUNICÍPIOS” realizará nesta segunda-feira (25), às 90h, no auditório da Federação das Indústrias do Rio Grande do Norte (FIERN). A reunião contará com a presença da bancada dos deputados Federais e senadores.
O objetivo deste encontro é mais uma vez, debater as demandas e demais assuntos pertinentes à causa municipalista, principalmente a crise financeira. A reunião foi definida em Brasília, no dia 06 de novembro, durante a Comissão Geral que reuniu os prefeitos potiguares na Câmara dos Deputados quando foi discutida a crise financeira dos municípios.
Eu vi blog do Robson Pires.

Leia Mais >>

[veja]Gestão de Flaviano Monteiro realiza mais uma ação de revitalização da Banda de Música do município

A prefeitura de Apodi realiza mais uma ação que visa a revitalização da Banda de Música Antônio de Pádua Leite, com a entrega de instrumentos musicais, feita pelo prefeito Flaviano Monteiro ao maestro da José Marconi.

A compra de vários instrumentos, como uma bateria completa, um trompete, duas flautas e vinte estantes para partituras, além de outros materiais de consumo como palhetas dará condições à banda de voltar a se apresentar em eventos do município.

Outra ação foi o concerto de 17 instrumentos, palhetas (clarinetes e sax). A intenção é suprir as necessidades consideradas mais urgentes para melhorar a qualidade das atividades da banda de música em 2014, principalmente como a aquisição da bateria nova que é a base fundamental em uma banda.

O processo de revitalização da banda Antônio de Pádua Leite visa outras ações como a criação para 2014 de critérios para inserir os novos músicos junto aos funcionários da banda. “Apesar das inúmeras dificuldades, a banda não deixou de realizar atividades neste ano, criando projetos como o “Flauta Feliz Toca Luiz” que atende crianças de 8 a 10 anos”, lembra o maestro.

Mais uma prova do trabalho de revitalização, é a formação de 20 novos aprendizes apenas no início desta gestão que já executam alguns números e que complementarão a Banda de Música. São eles: João Paulo e Júnior (Tubas), Tafarel e Davison (Trombones), Roger, Augusto, João Paulo e Luquinha (Trompetes), Rafael e Carlinhos (Trompas), João Victor (Flauta), Fernando, Mikael e Milky (Sax alto), Faguinho (Sax tenor) e Jakson, Lucas, Eduardo, João Victor e Pedro Lucas (Clarinetes).

Essas melhorias visam revitalizar a Banda Municipal que sempre foi motivo de orgulho da cidade, buscando incentivar o crescimento da banda e de todos os envolvidos, dando oportunidade de crescimento no meio musical e na cidadania. “Em breve a Banda de Música Antônio de Pádua Leite estará realizando suas atividades na nova sede própria”, avisa o prefeito Flaviano Monteiro.


Leia Mais >>

sexta-feira, 22 de novembro de 2013

[leia]Municípios cobram R$ 60 milhões do Governo para medicamentos

Tribuna do Norte – O Conselho das Secretarias Municipais de Saúde – Cosems e a Federação dos Municípios do Rio Grande do Norte – Femurn, ingressaram com denúncia no Ministério Público Estadual, visando o pagamento de uma dívida do Estado no valor de R$ 60 milhões com os municípios. Trata-se da falta de repasses, desde 2010, da sua cota para o Programa de Assistência Farmacêutica, que distribui medicamentos para a população.
A Secretaria Estadual de Saúde reconhece que o problema gerou uma dívida de R$ 31 milhões, diz que se esforça para retomar em breve o repasse de R$ 600 a R$ 700 mil por mês para os municípios, mas que apenas a partir da abertura do orçamento do Governo em fevereiro do próximo ano, é que se deve negociar o pagamento dos débitos anteriores.
O secretário de Saúde do Estado, Luiz Alberto, justifica a falta de pagamento alegando que o Estado está em dificuldades devido à queda e pela baixa expectativa de recuperação da sua receita, em relação ao ICMS, e ao FPE: “Tudo o que tínhamos planejado executar com esses recursos tem tido frustrações”, diz.

Leia Mais >>

[public] Uma Boa Idéia! Festa 51 em Apodi.



Leia Mais >>

[leia] CAPS I comprova que usuário Gilson Menezes não estava sem receber medicamentos

O incidente ocorrido nas dependências da Secretaria Municipal de Saúde na última terça (19/11) chocou a população apodiense, assim como o poder executivo. O fato gerou uma série de especulações mal fundamentadas sobre os motivos que levaram Gilson de Lima Menezes a cometer o ato de destruição ao patrimônio público e infelizmente, à própria integridade física.

Diante do fato lastimável, a Prefeitura de Apodi, através do CAPS I e da Secretaria de Saúde quer levar ao conhecimento da população qual o diagnóstico psicológico e psiquiátrico do usuário Gilson Menezes (46 anos) e como ele está sendo acolhido no CAPS I durante este ano de 2013.

Com base no diagnóstico psiquiátrico, Gilson Menezes apresenta transtorno bipolar e esquizofrenia, cuja medicação recomendada para controlar as variações de humor, acessos de agressividade e surto psicótico são os seguintes: carbamazepina, clomipramina e clonazepan. 
Rafaela Azuzzy, psicóloga e coordenadora do CAPS I, acrescentou que um dos medicamentos (clonazepan) não estava disponível na farmácia do CAPS I por motivos licitatórios, mas conversou com Gilson Menezes e disponibilizou o medicamento através da farmácia de manipulação. a psicóloga  também mostrou a Ficha de Evolução do usuário, comprovando que ele teve acompanhamento médico durante todos os meses deste ano, com última consulta registrada no dia 13 deste mês (novembro) e que o mesmo recebeu encaminhamento para realização de exames no dia 14.

Em outros momentos, Gilson Menezes já ameaçou atear fogo em lugares públicos. E essa mudança brusca de humor é uma das características de uma pessoa bipolar. “O usuário recebe toda a nossa atenção aqui no CAPS I; entretanto, a ausência de acompanhamento da família (que não mora em Apodi) dificulta e impede a evolução do quadro psiquiátrico dele. No grupo de homens, ele não interage, não participa da terapia e, devido à bipolaridade, uma hora ele quer lhe ajudar e fazer o bem e noutra ele quer lhe queimar com fogo”, explicou Rafaela.

A equipe do CAPS I está disponível a prestar os esclarecimentos sobre os cuidados com todos os usuários do Centro e lamenta o incidente desastroso e danoso, principalmente ao próprio Gilson Menezes que sofreu queimaduras de 3º grau e está no Centro de Tratamento de Queimados (CTQ) do Hospital Walfredo Gurgel (HWG) em Natal-RN. Conforme orientações da psiquiatra Dra. Micheline Abrantes, o CAPS I entrou em contato com profissionais do HWG e está acompanhando o caso do paciente.

Na manhã de ontem (20/11), o prefeito Flaviano Monteiro e o vice José Maria acompanhado do vereador Genivan Varela e do secretário Samuel Nogueira estiveram no CAPS I e conversaram com Rafaela Azuzzy sobre o incidente ocorrido e sobre as providências que podem ser tomadas para melhorar ainda mais o Centro. Durante a tarde, o prefeito realizou uma reunião com a equipe do CAPS I e a equipe de administração da Secretaria de Saúde para tomar algumas medidas cabíveis e eficazes.

Leia Mais >>

quinta-feira, 21 de novembro de 2013

[public] Sua casa melhor com a Galeria Eletrochic.

 
   A casa você já conquistou agora é a vez dos móveis e eletrodomésticos.

Leia Mais >>

quarta-feira, 20 de novembro de 2013

[leia] Homem em surto psicótico ateia fogo em secretaria, e muitos procuram o culpado

Ontem Apodi 'esquentou' de vez.

A notícia que circulou pela cidade e ganhou manchete no estado inteiro é sobre o homem que ateou fogo na secretaria municipal de saúde.

Uns colocam a culpa na gestão.
Que atendeu mal ao paciente.
Que não disponibilizou o medicamento.

Outros preferem dizer que a culpa é do senhor.
Que mesmo que tivesse sido mal atendido, não deveria fazer aquilo.
Que nada justifica uma ação daquela magnitude.
Que o mesmo colocou em risco a sua vida e a de terceiros.

E agora falam até que pode ter sido uma ação 'orquestrada', já que o mesmo teria dito que 'mandaram ele atear fogo na secretaria'.

O que muitos não vêem, ou não querem enxergar é que o senhor Geilson tem surtos psicóticos, e se não tomar seus medicamentos conforme prescrição médica, poderá ficar descompensado, e de forma inconsciente promover ações como a que aconteceu ontem em Apodi.

Ainda dentro desses surtos psicóticos o mesmo pode ouvir vozes, entrar em delírio, como forma de manifestação da sua doença. As 'vozes' podem ser de comando, ou de perseguição, ou mesmo não fazer sentido algum. O paciente pode ver coisas que não existem, ou seja, ter alucinações. Pode interpretar coisas reais com outros sentidos, ou seja, ter ilusões. Enfim, apenas quem sofre, ou quem lida com pessoas com essa doença é que são capazes de enxergar além das ações dessas pessoas.

O certo é que Geilson precisa tomar os medicamentos conforme prescrito pelo médico, e se não for acompanhado de forma satisfatória, outros episódios como esse podem se repetir, não apenas com a secretaria de saúde, mas com qualquer cidadão que tenha contato com o mesmo.

Geilson, se não tratado, poderá trazer prejuízos para ele, como para outras pessoas que façam parte de seu convívio.

Só acho que devemos parar de procurar o erro político ou administrativo, e passar a cuidar de Geilson, porque é o que ele precisa e merece.

Leia Mais >>

terça-feira, 19 de novembro de 2013

[leia]RN vai receber mais de R$ 6 milhões para combate à dengue

O Rio Grande do Norte vai receber R$ 6.665.579,76 do Ministério da Saúde para ações de combate a dengue nos municípios. O valor foi estipulado após levantamento feito em 1.315 cidades brasileiras entre 1º de outubro e 8 de novembro deste ano.

De acordo com o Ministério da Saúde, no estado, o número de casos notificados passou de 6.302 em 2010 para 16.035 em 2012, porém os casos graves caíram mais da metade: 238 em 2010 para 102 no ano passado.

Em todo o país, o Ministério da Saúde está dobrando o volume de recursos adicionais que serão repassados a todos os estados e municípios brasileiros. No total, são R$ 363,4 milhões destinados à causa.

Nos municípios classificados em situação de risco, mais de 4% dos imóveis pesquisados apresentaram larvas do mosquito. É considerado estado de alerta quando os imóveis pesquisados apresentam índice entre 1% a 3,9% e satisfatório quando fica abaixo de 1%.

O levantamento também revelou que três capitais estão em situação de risco: Cuiabá, Rio Branco e Porto Velho. Outras 11 – Boa Vista, Manaus, Palmas, Salvador, Fortaleza, São Luís, Aracaju, Goiânia, Campo Grande; Rio de Janeiro e Vitória - apresentaram situação de alerta e seis estão com índices satisfatórios (Macapá; João Pessoa; Teresina; Belo Horizonte; Curitiba e Porto Alegre). Natal e mais seis capitais - Belém, Maceió, Recife, São Paulo e Florianópolis - ainda não apresentaram ao Ministério da Saúde os resultados do LIRAa.

Com informações do Ministério da Saúde

Leia Mais >>

[veja] Lagoa Seca e Baixa do Caic recebem mutirão de limpeza‏

Durante toda esta terça-feira (19), equipes da Secretaria de Urbanismo de Apodi trabalharam, em forma de mutirão, em dois pontos da cidade: Rua Senador Marcos Freire (Lagoa Seca) e Baixa do Caic. Os serviços começaram cedo, às 7h30min. Agentes de limpeza se espalharam pelas principais ruas e transversais dos dois bairros que receberam, varrição, corte de grama, limpeza dos esgotos e retirada de entulhos.

Essa ação de limpeza beneficia a todos não apenas aos moradores da região, mas de uma forma geral a toda a população. Além do benefício à saúde tem também a questão visual e ambiental, já que um ambiente limpo proporciona sentimentos de bem estar, e de respeito pela população.

"Este projeto tem uma sequência predeterminada, através de planejamento, que visa passar por todos os bairros de nossa cidade, beneficiando a todos". Acrescenta Júnior Costa, secretário de urbanismo e transportes de Apodi.

O fiscal de uma das equipes, o coordenador Valceli, comentou que “além das ruas que dão acesso à Baixa do Caic, estamos limpando as vias principais e outras ruas paralelas. A gente nota a população satisfeita por ver as ruas mais limpa e bonitas”, afirmou o fiscal.

Os moradores podem colaborar com a manutenção de um ambiente limpo. Destinar o lixo corretamente é uma das formas de ajudar. A população pode acionar a Secretaria de Urbanismo para que sejam enviadas equipes a regiões que precisem de limpeza.

Fotos: Jânio Duarte

Leia Mais >>

segunda-feira, 18 de novembro de 2013

[leia] Prefeito de Apodi rescinde contrato com empresas responsáveis por obras inacabadas no município

Ao assumir a Prefeitura de Apodi, Flaviano Monteiro encontrou mais de 20 obras inacabadas espalhadas pelo município, iniciadas em gestões passadas; algumas em processo de deterioração, correndo risco de se perder o que já havia sido construído. Uma das lutas travadas pelo prefeito tem sido fazer com que as empresas responsáveis pelas obras cumpram o que está previsto nos contratos por elas assinados.
                
Cansado de esperar por uma resposta dessas empresas, o prefeito rescindiu os contratos de seis obras, cujos relatórios serão entregues à Câmara Municipal e ao Ministério Público para averiguação das responsabilidades pelo abandono das obras que trouxeram prejuízos e transtornos à população, porque elas poderiam já estar beneficiando os usuários, a exemplo da Creche Modelo e da UBS de Soledade.

A rescisão unilateral de contratos envolve as empresas: Fatorial Construções e Serviços Ltda, de Fortaleza (CE); Garra Construções Limitadas, de Fortaleza (CE) e Soares Construções e Consultoria Limitada, de Lucrécia (RN). Juntas, elas são responsáveis por seis importantes obras que estão paralisadas há pelo menos um ano. Serão abertas novas licitações para que as obras possam ser concluídas.

REFORMA E AMPLIAÇÃO DA ESCOLA MUNICIPAL RAIMUNDA FLORÊNCIO DE OLIVEIRA
A empresa Garra Construções Ltda., com sede em Fortaleza, é a responsável pela reforma e ampliação da Escola Municipal Raimunda Florêncio de Oliveira, localizada no Distrito de Melancias. A obra foi iniciada em 2011, com recursos próprios do município. Pelos serviços que deveriam ter sido executados, a empresa já recebeu R$ 214.720,56, nessa obra existem serviços pagos e não executados. Valor da obra: R$ R$ 301.145,27.

ADEQUAÇÃO E MODERNIZAÇÃO DA PRAÇA GETÚLIO VARGAS 1ª ETAPA
Outra obra da Garra Construções Ltda., é a Adequação e Modernização da Praça Getúlio Vargas 1ª Etapa, referente ao Contrato de Repasse nº 0327206-94/2010 firmado com o Ministério do Turismo e a Caixa Econômica Federal e Prefeitura Municipal de Apodi. A empresa recebeu da 1ª Etapa o valor de R$ 121.149,02 e o valor licitado foi, R$ 350.842,21, sendo R$ 292.500,00 recursos oriundos do Ministério do Turismo e R$ 58.342,91 de contrapartida da Prefeitura Municipal de Apodi, referente à 1ª Etapa.

A obra iniciada em julho de 2013 foi a 2ª Etapa de Adequação e Modernização da Praça Getúlio Vargas que foi licitada na gestão do Prefeito Flaviano, obra essa que vai ser retomada em breve pela empresa vencedora no Processo Licitatório nº 003/2013, na Modalidade Tomada de Preços – TP, é a empresa WD Construções Ltda., que assinou o contrato no valor R$ 244.222,44, sendo R$ 195.000,00recursos oriundos do Ministério do Turismo e R$ 49.222,44 de contrapartida da Prefeitura Municipal de Apodi, referente à 2ª Etapa.

CONSTRUÇÕES DE 02 PASSAGENS MOLHADAS NAS COMUNIDADES DE BOA VISTA E JUAZEIRO NA ZONA RURAL DO MUNICÍPIO DE APODI
A empresa responsável pela Construção de 02 Passagens Molhadas, localizadas nas comunidades de Juazeiro e Boa Vista, ambas na zona rural também era a Garra Construções Ltda. Obras adquiridas através de convênio com o Ministério da Integração Nacional, a empresa já recebeu R$ 784.063,54 e existem serviços pagos e não executados. As duas passagens estão orçadas em R$ 1.320.250,81, sendo R$ 1.151.708,91 recursos oriundos do Ministério da Integração Nacional e R$ 168.541,90 de contrapartida da Prefeitura Municipal de Apodi.

CONSTRUÇÃO DE UMA CRECHE MODELO – PRÓINFÂNCIA B
A empresa responsável pela Construção de uma Unidade de Ensino Infantil (PRÓINFÂNCIA) localizada no bairro Cruz de Alma era a empresa Factorial Construções e Serviços Ltda., referente ao Convênio Nº 656889/09 firmado entre o Fundo Nacional do Desenvolvimento da Educação – FNDE e a Prefeitura Municipal de Apodi. A empresa já recebeu R$ 917.340,26. A Construção da Creche modelo está orçada em R$ 1.251.975,49, sendo R$ 1.239.303,34 recursos oriundos do FNDE e R$ 12.672,15 de contrapartida da Prefeitura Municipal de Apodi.

CONSTRUÇÃO DE UMA UNIDADE BÁSICA DE SAÚDE – UBS NO DISTRITO DE SOLEDADE
A empresa responsável pela Construção de uma Unidade Básica de Saúde - UBS localizada no Distrito de Soledade na zona rural do município de Apodi, era a Factorial Construções e Serviços Ltda., referente ao convênio firmado entre o Fundo Nacional de Saúde – FNS e a Prefeitura Municipal de Apodi. A empresa já recebeu R$ 262.440,21. A Construção da Unidade Básica de Saúde - UBS localizada no Distrito de Soledade está orçada em R$ 312.440,21, sendo R$ 200.000,00 recursos oriundos do FNS e R$ 112.440,21 de contrapartida da Prefeitura Municipal de Apodi.

CONSTRUÇÃO DE UMA ESCOLA RURAL DE 06 SALAS NA COMUNIDADE  DE SÃO LOURENÇO NA ZONA RURAL DE APODI
A empresa responsável pela Construção da Escola Rural de 06 salas na comunidade do São Lourenço era a Soares Construções e Consultoria LTDA, com sede em Lucrécia (RN). A obra é referente ao Convênio Nº 703382/2010 firmado entre o Fundo Nacional do Desenvolvimento da Educação – FNDE e a Prefeitura Municipal de Apodi. A empresa já recebeu R$ 408.985,40. A Construção da Escola Rural de 06 salas está orçada em R$ 930.907,74, sendo R$ 801.773,87 recursos oriundos do FNDE e R$ 129.133,87 de contrapartida da Prefeitura Municipal de Apodi.

Leia Mais >>

[leia]Dilma: o País manterá, pelo décimo ano consecutivo, a inflação abaixo da meta de 6,5% anuais

Presidenta declarou em sua conta no Twitter que o resultado faz parte do compromisso firmado pelo governo em manter a estabilidade fiscal.


A presidenta Dilma Rousseff disse há pouco que o País manterá, pelo décimo ano consecutivo, a inflação abaixo da meta de 6,5% anuais. O dado faz parte do compromisso firmado pelo governo em manter a estabilidade fiscal, dentro dos cinco pactos lançados depois das manifestações de junho.

Dilma lembrou que o País possui, hoje, reservas internacionais de US$ 367 bilhões. “Somos um dos poucos grandes países a apresentar um superávit primário. Segundo projeções, apenas seis economias do G-20 (Arábia, Itália, Brasil, Turquia, Alemanha e Coréia do Sul) terão superávit primário em 2013” , afirmou a presidenta.

“E mais importante: construímos nossa estabilidade - inflação controlada, superávit fiscal e altas reservas - aumentando renda e emprego”, disse Dilma.

A presidenta defendeu a importância de manter a estabilidade fiscal na economia brasileira “porque é impossível executar grandes projetos de saúde, de mobilidade urbana e de educação sem cuidar atentamente da robustez fiscal do País”.

Na avaliação de Dilma, o volume de investimentos externos no Brasil é uma das provas da boa avaliação que a economia brasileira tem no exterior. “O Brasil tem uma economia sólida e, por isso, tem recebido investimentos externos vultuosos, como comprova o leilão de Libra”, reforçou a presidenta.

“Quem aposta contra o Brasil sempre perde”, afirmou Dilma
Fonte:
Portal Brasil 

Leia Mais >>

[leia]A Prefeitura Municipal intensifica o serviço de limpeza das ruas de Apodi.

 
Secretaria de Urbanismo: Equipe dos "motozinhos" e a equipe de "poda e remoção de árvores".

Coleta de Lixo. Varrição de Ruas e Limpeza Pública. Limpeza de Bueiros. Tapa-Buraco. 

#ApodiTerraQuerida

Leia Mais >>

sábado, 16 de novembro de 2013

[leia] Prefeito de Apodi rescinde contrato com empresas que abandonaram obras no município

Depois de muito insistir no diálogo com representantes das empresas responsáveis por obras inacabadas no município de Apodi, o prefeito Flaviano Monteiro adotou uma medida radical: rescindiu contratos com as empreiteiras Fatorial Construções e Serviços Ltda, Garra Construções Limitadas e Soares Construções e Consultoria Limitada.

As empresas que tiveram rescisão de contrato unilateral são responsáveis por seis obras que se encontram paralisadas no município de Apodi há alguns anos. São elas: UBS do Distrito de Soledade; reforma e ampliação da Escola Municipal Raimundo Florêncio de Oliveira, no Distrito de Melancias; Passagens Molhadas de Juazeiro e Boa Vista; urbanização da Praça Getúlio Vargas; construção da Creche Modelo e Escola Rural do sítio São Lourenço.


“Tentamos todo tipo de acordo com as empresas para que elas retomassem as obras pelas quais receberam boa parte do dinheiro e não cumpriram com o previsto nos contratos. Não tivemos outra saída a não ser rescindir o contrato para abrirmos uma nova licitação, porque não posso assumir a responsabilidade por obras que não foram contratadas na minha gestão”, explica Flaviano.

A assessoria jurídica da Prefeitura está preparando relatório sobre as condições em que se encontram as obras e os recursos que já foram recebidos pelas empresas que será entregue à Câmara Municipal, como embasamento para a medida adotada pelo prefeito. “A paralisação dessas obras geram um prejuízo de mais de 2 milhões ao município e não podemos continuar aceitando o descasos dessas empresas”, enfatiza Flaviano.

Condições em que se encontram as obras

A empresa Garra, com sede em Fortaleza, é a responsável pela reforma e ampliação da Escola Municipal Raimunda Florêncio de Oliveira, localizada no Distrito de Melancias, obra iniciada em 2011, com recursos próprios do município. Pelos serviços que deveriam ter sido executados, a empresa já recebeu R$ 214.720,56, valor total da obra que tem menos de 30% executada.

A mesma empresa é responsável pela construção de 02 Passagens Molhadas, localizadas nas comunidades de Juazeiro e Boa Vista, ambas na zona rural. Obras adquiridas através de convênio com o Ministério da Integração Nacional, pelas quais a empresa já recebeu R4 784.000,00 e não executou o serviço referente a esse valor. As duas passagens estão orçadas em 1.368.541.90, recursos do Ministério da Integração Nacional.

Outra obra da Garra é a urbanização da Praça Getúlio Vargas, referente a contrato firmado com o Ministério do Turismo e a Caixa Econômica Federal. Iniciada em 2012, foi retomada no mês de julho deste ano, quando o prefeito assinou ordem de serviços e a empresa retomou a obra, paralisando os serviços semanas depois. Somente pela primeira etapa de execução da obra, a empresa recebeu 350.842,21. Pela segunda etapa, foram mais 244.222,44.

Já a empresa Factorial Construções e Serviços Ltda, também com sede em Fortaleza, recebeu o montante de 917.340,00 de um total de R$ 1.200.000,00, para a Construção de uma Unidade de Ensino Infantil (PRÓINFÂNCIA), localizada no bairro Cruz de Alma, referente a convênio com o Fundo Nacional do Desenvolvimento da Educação – FNDE. A ordem de serviços dessa obra foi assinada em 2010, iniciada em 2011 e estava prevista para ser entregue em 2012. Encontra-se abandonada pela empresa executora com estrutura já comprometida pelo abandono.

A execução das obras de Construção de Unidade Básica de Saúde - UBS, localizada no Distrito de Soledade, zona rural de Apodi, iniciadas em janeiro de 2011, e com um custo de R$ 255.000,00, sendo R$ 55.000,00 de recursos da prefeitura, também é responsabilidade da empresa Fatorial, referente a convênio celebrado com o Ministério da Saúde. Pouco da obra foi feito.

A Soares Construções e Consultoria LTDA, com sede em Lucrécia (RN), é a responsável pela Construção de uma Escola Modelo Rural, localizada na Comunidade de São Lourenço que custou R$ 802.000,00. A empresa também abandonou a obra, apesar de ter recebido a maior parte dos recursos destinados pelo Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação – FNDE.

Leia Mais >>

quinta-feira, 14 de novembro de 2013

[leia] Dilma: "hoje é um dia de encontro do Brasil com a sua história”

Passados 37 anos de sua morte, o corpo do ex-presidente João Goulart retornou a Brasília pela Base Aérea, mesmo lugar de onde Jango partiu para o Exílio, em 1964.


Em 1964, João Belchior Marques Goulart deixou Brasília como presidente deposto pelo golpe que instituiria a ditadura militar que governaria o País por 21 anos. Saiu da capital em direção ao exílio no Uruguai pela Base Aérea de Brasília, o mesmo lugar em que, hoje, os restos mortais do ex-presidente foram recebidos com honras de chefe de Estado. A urna com o corpo de Jango chegou à capital por volta das 11h45. Desceu do avião com a tarja fúnebre atribuída a chefes de Estado. Foi saudada com uma salva de 21 tiros e teve o Hino Nacional entoado em sua homenagem. Passados 37 anos de sua morte, João Goulart recebeu as honrarias a que, como ex-presidente da República, tinha direito.

“Este é um gesto do Estado brasileiro para homenagear o ex-presidente João Goulart e sua memória”, afirmou a presidenta Dilma Rousseff, em seu perfil no Twitter, pouco antes da solenidade. “Essa cerimônia que o Estado brasileiro promove hoje com a memória de João Goulart é uma afirmação da nossa democracia. Uma democracia que se consolida com este gesto histórico”, disse Dilma, que ressaltou o fato de Jango ser o único presidente brasileiro a morrer no exílio, “em circunstâncias ainda a serem esclarecidas por exames periciais”.

Ao lado da viúva de Jango, a ex-primeira-dama Maria Thereza Goulart, a presidenta depositou uma coroa de flores brancas no caixão de João Goulart. Para Dilma, as honras militares dispensadas ao ex-presidente marcaram “um dia de encontro do Brasil com a sua história”.

Os despojos de Jango foram encaminhados para o Instituto Nacional de Criminalística da Polícia Federal, onde ocorrerá a análise pericial que determinará a causa da morte do ex-presidente, colocando fim à dúvida sobre a possibilidade de Jango ter sido envenenado em seu exílio. A exumação do corpo foi realizada na quarta-feira (13), no Cemitério Jardim da Paz, na cidade de São Borja (RS) em um processo que durou pouco mais de 18 horas de trabalho, envolvendo12 profissionais do Brasil, Argentina, Cuba e Uruguai. O médico João Marcelo Goulart, neto do ex-presidente, teve participação efetiva em todo o procedimento.

Etapas

O trabalho de exumação consistiu na inspeção ocular do mausoléu, coleta de amostras de gases no interior da sepultura objeto da pesquisa e na exumação dos restos mortais para sua posterior análise forense nos laboratórios da Polícia Federal, em Brasília, que será responsável pela coleta das amostras para todos os exames.

As atividades começaram às 7h15 da quarta-feira (13), com a preparação pericial da área delimitada. Às 9h45, foi iniciada a primeira etapa, com o intuito da coleta de 12 amostras de gases em pontos distintos do jazigo. A coleta de gases no interior da sepultura foi iniciada às 17 horas e finalizada às 18h20. Dez minutos depois começou o procedimento de abertura da sepultura. Às 1h45 foi finalizada a exumação dos restos mortais e acondicionamento para transporte para Brasília, seguindo a cadeia de custódia dos elementos extraídos.

Fonte:
Portal Brasil 

Leia Mais >>

[veja] Nossa Apodi Terra Querida é a Gente que Faz.


Leia Mais >>

[leia] Produção do Caldeirão do Huck conhece projeto de alunos de escola estadual de Apodi

A produção do programa Caldeirão do Huck, da TV Globo, esteve na zona rural de Apodi, na região Oeste, para conhecer de perto a história dos alunos da Escola Estadual Professora Zenilda Gama, que desenvolveram um revestimento a base de cera de abelha, capaz de dar mais durabilidade aos frutos.

E a previsão é que as imagens sejam levadas ao ar no quadro Jovens Inventores do Brasil, ao lado de experiências semelhantes no país, até o final do ano.o trabalho dos estudantes Antonio Torres Geracino, Francisco Jociel Fernandes e Huguenberg de Oliveira Santos, conquistou no início do ano o primeiro lugar nas categorias Empreendedorismo e Ciências Agrárias, da Feira Brasileira de Ciências e Engenharia, da USP.

Leia Mais >>

[leia]Caravana da ASA Brasil Faz visita a principais experiências da Agricultura familiar de Apodi‏

A Coordenação Executiva da ASA Brasil - Articulação Semiárido Brasileiro (ASA) que é uma rede formada por mais de três mil organizações da sociedade civil que atuam na gestão e no desenvolvimento de políticas de convivência com a região semiárida brasileira -  esteve em Apodi no inicio dessa semana, 11 e 12, onde realizou uma visita ao município, para conhecer as experiências e a resistência do povo camponês na Agricultura Familiar e resistência ao projeto que expulsará varias famílias camponesas de suas terras onde vivem e produzem com princípios agroecológicos.

Na manhã do segundo dia de atividades foi realizado uma visita à Barragem de Santa Cruz, encravada na Região da Pedra, com a finalidade de conhecer as dificuldades enfrentadas pelas famílias daquela região. Gilvana Mota, representante da Associação dos Agricultores de Santa Cruz, afirma que a Barragem de Santa Cruz não foi construída pensando no bem comum da população, "ela está a serviço do grande capital, nós que somos pequenos agricultores e que estamos aqui, as margens da barragem não temos nem seque o direito a água", lamenta a jovem agricultora.

Leia Mais >>

quarta-feira, 13 de novembro de 2013

[public]Apostas para a Mega da Virada já estão liberadas

Concurso especial nº 1.560 da Mega-Sena será sorteado no dia 31 de dezembro e a estimativa do prêmio é de R$ 200 milhões.

As apostas com volante específico para a Mega da Virada começaram na última segunda-feira (11). O concurso especial nº 1.560 da Mega-Sena será sorteado no dia 31 de dezembro e a estimativa do prêmio é de R$ 200 milhões.

Caso um único ganhador aplique o valor integral do prêmio na Poupança da Caixa, poderá se aposentar e viver com rendimentos de R$ 1,2 milhões por mês, o que equivale a cerca de R$ 40 mil por dia. A fortuna também é suficiente para comprar um bairro inteiro com 400 casas, no valor de R$ 500 mil cada.

A Mega da Virada é o mais popular dos concursos especiais das Loterias da Caixa, e teve sua primeira edição em 2009, no concurso nº 1.140, quando pagou R$ 144,9 milhões divididos por dois ganhadores, um de Santa Rita do Passa Quatro (SP) e outro de Brasília (DF). Já a última edição, em 2012, dividiu R$ 244,7 milhões para três ganhadores, de Aparecida de Goiânia (GO), Franca (SP) e São Paulo (SP).

O prêmio da Mega da Virada não acumula. Caso não haja ganhador com as seis dezenas sorteadas, o valor será somado ao rateio dos acertadores de cinco números. Se não houver ganhadores nessa faixa, os acertadores da quadra dividirão todo o prêmio e assim sucessivamente.

Os concursos especiais são sorteios que têm como objetivo mobilizar os apostadores para que participem cada vez mais, concorrendo a grandes prêmios. As apostas com volante específico terão o mesmo custo das apostas regulares, e podem ser feitas em qualquer uma das mais de 12.600 lotéricas do país.



Bolão Caixa

Apostadores já podem registrar os palpites e tentar a sorte com amigos e familiares. Para participar do Bolão Caixa, basta formar um grupo, escolher os números da aposta, marcar a quantidade de cotas e registrar em qualquer uma das lotéricas do país. Ao ser registrada no sistema, a aposta gera um recibo de cota para cada participante que, em caso de premiação, poderá resgatar a sua parte do prêmio individualmente.

Os bolões para a Mega-Sena têm preço mínimo de R$ 10, e cada cota deve ser de, pelo menos, R$ 4, sendo possível realizar um bolão de, no mínimo, duas e no máximo 100 cotas.

Na Mega da Virada, caso dez pessoas organizem um bolão de 10 números, pagarão individualmente R$ 42, e cada apostador do grupo receberá R$ 20 milhões, caso a aposta seja contemplada.

A probabilidade de acerto da aposta simples, de seis números é de uma em 50 milhões. Já no caso da aposta de 10 números, aumenta para uma em 238 mil.

O apostador também pode adquirir cotas de bolões organizados pelas lotéricas. Basta solicitar ao atendente a quantidade de cotas que deseja e guardar o recibo para conferir a aposta no dia do sorteio. Nesse caso, poderá pagar uma tarifa de serviço adicional de até 35% do valor da cota, a critério da lotérica.

Leia Mais >>

[leia] Programa de atenção domiciliar já está presente em 135 municípios

Em dois anos de execução, Programa Melhor em Casa liberou cerca de 3,5 mil leitos hospitalares por dia para outros pacientes do SUS.

Ao comemorar dois anos de execução, no dia 8 de novembro, o Programa Melhor em Casa, do Ministério da Saúde, já conta com 433 equipes implantadas e outras 548 cujo funcionamento já foi autorizado pelo MS. Cada uma das equipes atuando é responsável pelo atendimento domiciliar em saúde de em média 60 pacientes, muitos dos quais com agravos que necessitariam de internação hospitalar, caso não houvesse o serviço.

Dos pacientes atualmente atendidos em domicílio por equipes do programa, quase 70% têm 60 anos ou mais, dos quais quase metade (31%) têm 80 anos ou mais. São portadores de doenças crônicas com dificuldade de locomoção até os serviços de saúde, usuários de sondas, traqueostomias ou dependentes de ventilação mecânica ou oxigenioterapia, pacientes em processo de reabilitação motora ou respiratória, os que precisam de curativos complexos, em pré ou pós operatório, recém-nascidos com baixo peso, entre outros.

O alívio que o programa representou para pacientes e seus familiares foi demonstrado em uma pesquisa de satisfação dos usuários, realizada pela Ouvidoria do SUS, com mais de 2 mil pacientes ou cuidadores entrevistados. De acordo com o levantamento, 93,9% dos entrevistados atribuíram nota entre 7 e 10 ao atendimento prestado pelas equipes, sendo que 70% deram nota 10, e 95,9% disseram que recomendariam o serviço a amigos e familiares.



Entre maio de 2012 e maio deste ano, o Programa Melhor em Casa representou a racionalização de quase 1,3 milhão de leitos no Sistema Único de Saúde, segundo cálculos da Coordenação Geral de Atenção Domiciliar do Ministério da Saúde (CGAD/SAS/MS). Isso significa que o atendimento dos pacientes em casa liberou cerca de 3,5 mil leitos hospitalares por dia para outros pacientes do SUS.

Além reduzir a demanda nos hospitais, o programa também se mostra capaz de desafogar serviços de urgência e emergência, principalmente pela redução da procura por parte de doentes crônicos, que têm menos intercorrências ou agravamento de seus quadros clínicos, em virtude do acompanhamento sistemático de equipes do Melhor em Casa.

“Mais que representar uma otimização dos recursos do Sistema Único de Saúde, o Melhor em Casa é um avanço na qualificação e humanização do cuidado aos pacientes, além de preservar os vínculos familiares, que muitas vezes se desestruturam após longos períodos de internação hospitalar”, avalia o coordenador-geral de Atenção Domiciliar do Ministério da Saúde, Aristides Vitorino Oliveira Neto.

O Programa Melhor em Casa prevê repasse de recurso, a título de incentivo financeiro para custeio, no valor de R$ 50 mil ou R$ 34 mil mensais, por cada equipe, de acordo com a tipologia da equipe. Além da equipe multiprofissional – formada por médico, enfermeiro, fisioterapeuta e/ou assistente social e auxiliares ou técnicos de enfermagem – o programa prevê ainda equipes de apoio, que devem ter composição mínima de três profissionais, escolhidos de acordo com a necessidade do serviço, podendo ser assistente social, fisioterapeuta, fonoaudiólogo, nutricionista, odontólogo, psicólogo, farmacêutico ou terapeuta ocupacional. Por estas equipes, o valor do incentivo mensal é de R$ 6 mil.

O programa atendeu, inicialmente, os municípios com mais de 100 mil habitantes, porém vem se expandindo, passando a incluir os municípios que formavam regiões metropolitanas. Em 2012, o programa passou a beneficiar também os municípios com mais de 40 mil habitantes e, em maio deste ano, o programa foi universalizado, com a possibilidade de municípios menores participarem do programa em consórcio com outros municípios, de maneira a compor a população necessária ao deslocamento de uma equipe.

As regras do programa preveem uma equipe para até 100 mil pessoas, com uma média de 60 pacientes por equipe. Os pacientes são classificados em três categorias, de acordo com a complexidade do cuidado necessário, e só são admitidos se os domicílios tiverem infraestrutura necessária ao tratamento, como instalações sanitárias, água e energia elétrica, e se houver um cuidador apto ao cuidado, sob a orientação dos profissionais de saúde. O cuidador de maneira geral é um familiar, mas também pode ser um amigo ou vizinho, devendo apenas assumir o compromisso com o cuidado e passar por um treinamento oferecido pelo próprio serviço de atenção domiciliar.

Fontes:
Portal Brasil

Leia Mais >>

[leia] Prefeitura de Apodi atende às solicitações feitas pelo Banco do Brasil

Na manhã de ontem (12/11), após uma madrugada perturbadora, o gerente do Banco do Brasil (BB) Robson Leite e bancários da Agência de Apodi procuraram a Prefeitura para solicitar interdição da rua lateral do Banco.

Na reunião, o secretário de Urbanismo Júnior Costa e o tesoureiro da Prefeitura Josivan Alves representaram o Prefeito Flaviano Monteiro e discutiram as alternativas para ajudar o Banco do Brasil a superar este momento crítico e voltar a atender aos clientes apodienses e da região.

O secretário Júnior Costa providenciou a autorização de interdição de área por tempo indeterminado uma vez que a estrutura física do BB ficou muito danificada e corre o risco de desmoronamento. “Embora estejamos muito abalados com o arrombamento e os tiroteios da última madrugada, nós precisamos agir e tomar as medidas cabíveis para evitar acidentes no local; por isso, a autorização será feita e esperamos que a população não ultrapasse a área interditada”, declarou o secretário.

Na oportunidade, o gerente Robson Leite informou que está tomando todas as providências para o retorno das atividades do banco. Entretanto, deixa claro que o atendimento por alguns dias ou meses será dificultoso. “Um perito de engenharia foi requerido para avaliar a estrutura do BB e todas as burocracias serão feitas para recuperar o prédio ou construir um novo, considerando que a Agência é uma estatal”, informou o gerente.

Enquanto isso, o gerente pede aos clientes que procurem os terminais compartilhados da Caixa, Casas Lotéricas, Correios e Central do Cidadão para fazer movimentação de conta, depósitos e saques. As agências do BB das cidades vizinhas receberão alguns funcionários da Agência de Apodi e atenderão os clientes da mesma. Sem previsão de quando o funcionamento do BB voltará a sua total normalidade, o gerente Robson Leite solicitou que a agenda de pagamento dos funcionários da Prefeitura a partir desse mês fosse feita em vários dias evitando superlotação nos locais de atendimento.

A Prefeitura de Apodi, diante das dificuldades enfrentadas pelo BB local, se sensibiliza e se compromete em ajudar em tudo que for possível. A agência local tem um grande número de clientes, por isso a ajuda oferecida pela Prefeitura não será apenas à instituição em si, mas aos apodienses e cidadãos da região que tem conta, poupança e fazem movimento bancário através do BB.

Leia Mais >>

[veja]Simulador calcula tempo para a aposentadoria

Ministério da Previdência Social cruza informações do cidadão com Cadastro Nacional de Informações Sociais para simular benefício.



O Ministério da Previdência Social lançou, em junho deste ano, uma nova versão do simulador do tempo de contribuição para os segurados do Regime Geral de Previdência Social. Com a ferramenta, disponível na internet, o contribuinte pode verificar quanto falta para se aposentar e qual será o valor do benefício, de acordo com o que determina a Lei 9.976/99.

A nova versão do aplicativo faz o cruzamento entre os dados inseridos pelo cidadão e as informações já existentes no Cadastro Nacional de Informações Sociais. Caso haja alguma divergência, o contribuinte receberá mensagem informando que ele deve agendar atendimento em uma das agências da Previdência para atualizar seu cadastro.

Por meio da simulação, o segurado pode saber se tem condições para a aposentadoria e quanto tempo falta para ter direito ao benefício integral. No caso de aposentadoria proporcional, a nova versão do simulador verifica se o usuário tem a idade mínima para se aposentar.

Para fazer a simulação, o usuário terá que ter em mãos o número do PIS, do Pasep ou do Cartão de Inscrição de Contribuinte Individual (Cici).

Para mais informações sobre aposentadoria ligue 135

Leia Mais >>

[leia] Prefeito de Apodi adota medidas de redução dos custos da máquina administrativa, para continuar investindo em ações coletivas

Os municípios brasileiros estão enfrentando sérias dificuldades financeiras para realizar a manutenção da máquina pública e com Apodi não é diferente. Os repasses do Fundo de Participação dos Municípios (FPM) oscilam muito, com reduções acentuadas em alguns meses, o que deixa os municípios em situação delicada e em  alerta.

O FPM é constituído pelo recolhimento de dois impostos federais que são o Imposto de Renda (IR) e o Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) chegando ao percentual atualizado de 22,5% do repasse Federal com um acréscimo de 1% ao final de cada ano.

O problema é que esses repasses dependem diretamente da arrecadação dos impostos federais e como o governo federal adotou medidas de incentivos às indústrias, reduzindo o IPI para as mesmas, o que se reflete diretamente nos repasses do FPM que sofreram redução.

Outro fato que deixa o município em alerta são as medidas referentes a aumentos salariais. No mês de maio, foi concedido um aumento salarial de 8% para os professores e seu efeito retroativo a janeiro deste ano, instituído pela Lei Municipal Nº 866/2013, que visa estar em conformidade com o Piso Nacional dos Professores. “Apenas o retroativo, custou um aumento por volta de 50 mil reais na folha salarial”, contabiliza o secretário de Administração do município, Marcos Campos.

E os aumentos concedidos aos servidores efetivos, têm uma constante na gestão de Flaviano Monteiro. “No mês de Julho, por exemplo, tivemos dois aumentos: um de 6% para todas as categorias do nível médio e outro de 5% para as categorias de nível superior, aumentos instituídos pela Lei Municipal Nº 879/2013 de 29 de Julho de 2013”, acrescenta o prefeito.

Neste início de mandato, o prefeito também reajustou o salário base e a tabela de rendimentos de cerca de 250 servidores da GNO, onde estão enquadrados os garis e os Auxiliares de Serviços Gerais (ASG) que recebiam um salário base de R$ 545,00 e passaram a receber R$ 678,00. “Categoria que se encontrava desvalorizada e que não tinha seus salários atualizados há muito tempo, mascarados por gratificações e outros mecanismos”, enfatiza Flaviano.

Com esses aumentos e o investimento feito em obras, com recursos próprios, a administração publica do município tomou medidas para adequar as despesas aos repasses que o mesmo recebe, para que dessa forma não seja ultrapassado o limite prudencial dos municípios.

O prefeito busca também ações que visam aumentar a receita do município e está lutando juntamente com todos os municípios pela aprovação da lei que aumenta em 2% o FPM, para que dessa forma as contas se ajustem e possa ser oferecidos serviços com qualidade cada vez melhor para a população que já paga muitos impostos e merece ter essa retribuição.

Como medida drástica de redução de custos, o prefeito lançou o Decreto Nº 41 de 01 de novembro de 2013, que estabelece uma redução de despesas mensal, de forma linear, no âmbito da Administração Municipal, na ordem de até 30% (trinta por cento) sobre as despesas de custeio de cada unidade da administração.

As medidas apresentadas visam melhor adequar essas situações à realidade econômica e financeira do Município de Apodi, sem prejuízo da prestação de serviços perante a coletividade.“Só será possível continuarmos investindo em obras e ações que beneficiem toda a população, com a redução dos custos da máquina. Não vejo outra alternativa”, lamenta o prefeito.

Leia Mais >>

PUBLICIDADE

Arquivo do blog

  ©Template by Dicas Blogger

TOPO